Bibliotecas Escolares

Coordenadora das Bibliotecas Escolares: Antónia Lança

Segundo Lajolo, M. (1994), “o mundo da leitura e a leitura do mundo são trajetos circulares e infinitos”. Na verdade, a leitura constitui-se como um “projeto de vida”. Com efeito, com os desafios de uma sociedade em permanente mudança, para elevar os níveis de literacia nos nossos alunos, há que “construir” um espaço que motive, contagie, seduza cada vez mais leitores e aspirantes. Neste âmbito, a Biblioteca Escolar, normalmente o “coração” da escola, é o espaço propício à criação de novos leitores e ao crescimento dos já existentes. Apetrechada com uma panóplia de suportes de leitura (impressos e digitais) é o local de eleição, o local ideal (aconchegante) para envolver os alunos nas suas práticas educativas. Reiterando, nenhuma criança/jovem nasce leitor! É necessária uma motivação intrínseca, mas igualmente extrínseca, para o seu “nascimento” e consequente manutenção dos seus hábitos de leitura. A Biblioteca Escolar constitui-se assim com um exemplo primordial dessa motivação externa.  
A EQUIPA DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES
Antónia Lança
Professora Bibliotecária e Coordenadora
da Biblioteca Escolar

Artur Campos
Membro da Equipa

Miguel Almeida
Membro da Equipa

Maria Isabel Coelho
Membro da Equipa
“A Biblioteca Escolar tem vindo, neste contexto, a contribuir para uma boa aprendizagem e domínio da leitura, qualquer que seja o seu suporte e para a promoção de estratégias e atividades de aproximação ao currículo, que em muito vêm facilitando a aquisição de conhecimentos e a formação global dos alunos nestas múltiplas literacias. Só o seu domínio permitirá uma aprendizagem contínua e o desenvolvimento de uma consciência crítica, factores essenciais de sucesso num mundo em acelerada mudança.”

in Aprender com a Biblioteca Escolar – Referencial de aprendizagens associadas ao trabalho das Bibliotecas escolares na Educação Pré-escolar e no Ensino Básico.